Unidade garante assistência a pessoas com deficiência durante a pandemia

Vítor Santos / Ascom Sempre

Para oferecer suporte ao público mais vulnerável durante a pandemia, a Unidade de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (UPCD) intensificou as ações de suporte e informação. A unidade é vinculada à Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) e tem a missão de articular, propor e acompanhar políticas públicas que favoreçam a inclusão social da pessoa Com deficiência, o cumprimento dos seus direitos e a igualdade de oportunidades.

Entre as ações, foram realizadas distribuição de cestas básicas, kits de higiene e materiais de limpeza através do apoio a entidades parceiras. Além disso, há a divulgação de cartilhas com informações gerais e específicas para pessoas com deficiência e com doenças raras, além de ações interativas nas redes sociais. De março a agosto deste ano, foram realizadas mais de 320 publicações acessíveis nas nossas redes sociais pela unidade.

Em média, mais de seis mil pessoas com deficiência já foram beneficiadas pelas ações durante a pandemia. Para o diretor da UPCD, Wagner Andrade, o início da crise sanitária foi um desafio para as pessoas com deficiência, familiares e cuidadores, que já estavam habituados à rotina de atendimentos presenciais. “A atuação do poder público na divulgação de informações e cuidados, através da adoção de medidas de apoio às famílias, foi fundamental para a compreensão deste momento”.

Semana nacional – As ações de apoio às famílias de pessoas com deficiência promovidas pela Prefeitura durante a pandemia são destaque na programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2020, evento que visa dar voz e vez a este público e que este ano, em razão da pandemia do novo coronavírus, acontece de forma online. O evento virtual foi iniciado no dia 21 e segue até esta sexta-feira (28).

“Está sendo muito gratificante e proveitoso participar, porque eu recebi a devolutiva diretamente das pessoas com deficiência intelectual e múltipla e dos seus familiares, que reconheceram e parabenizaram a Prefeitura pelos esforços no sentido de apoiá-los e das medidas de enfrentamento ao coronavírus neste momento de pandemia. Também foi importante para fazermos uma reflexão da atuação da UPCD e para projetarmos as ações e os projetos futuros com base nesse novo momento”, afirmou Wagner Andrade.

A atuação da UPCD contempla também vistorias em equipamentos públicos para verificar as condições de acessibilidade, capacitação de servidores públicos em Libras e qualificação de agentes públicos municipais nas normas vigentes de acessibilidade. O atendimento na unidade pode ser realizado através dos telefones (71) 3202-2343 e (71) 3202-2265.

A UPCD fica localizada na sede Sempre, na Av. Estados Unidos, n° 50, Ed. Sesquicentenário, 6° andar, no bairro do Comércio. Além disso, é possível entrar em contato também pelo endereço de e-mail upcd @ salvador. ba. gov. br ou pelo Instagram e Facebook (@ upcdsalvador).

Planejamento – Além das ações e atividades já realizadas, o planejamento da UPCD para este ano conta ainda com a retomada de projetos. Entre os projetos destacados no cronograma está a volta do processo de lançamento da primeira Central de Intermediação em Libras, a criação do primeiro site institucional da Prefeitura de acordo com os padrões de acessibilidade digital e o lançamento de Cartilha Eletrônica com as Principais Regras de Acessibilidade Arquitetônica.

Outra novidade será a retomada do “Projeto SINAIS”, programa federal voltado para pessoas com deficiência auditiva, a partir de seis anos de idade, que busca fomentar e implementar o atendimento especializado, visando minimizar as barreiras de comunicação enfrentadas por este segmento da população, além de oferecer atividades esportivas, culturais, lazer, de Libras e cidadania.

Histórico – Criada em 2016, a UPCD exerce um papel essencial para os avanços em prol da inclusão social da pessoa com deficiência em Salvador, através da atuação transversal com o apoio e acompanhamento do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A Prefeitura conta ainda com projetos e equipamentos que garantem assistência a pessoas com deficiência, como o Centro Dia e o Centro Especializado de Reabilitação (CER).

Entre as iniciativas para garantir acessibilidade e inclusão desse público são promovidas ações de inclusão para pessoas com deficiência através de projetos, como ParaPraia, ampliação de salas de atendimento multifuncionais nas escolas municipais e camarotes acessíveis em eventos municipais. Além da inclusão de artistas e grupos culturais formados por pessoas com deficiência em eventos, como o Festival Acessarte – Arte e Acessibilidade, Festival da Primavera e Carnaval.

<< Voltar